O Museu é uma incomum estrutura abobadada de vidro que combina os aspectos práticos do sistema de aquecimento de água da cidade com uma espetacular visão arquitetônica.

O Museu Perlan – Wonders of Iceland é um dos maiores projetos de museus em Reykjavík nos últimos anos, localizado em um dos edifícios mais impressionantes a Prefeitura de Reykjavik. O museu é um dos pontos turísticos mais importantes da Islândia por sua arquitetura e as incríveis vistas panorâmicas.

No final da década de 1990, o arquiteto Ingimundur Sveinsson criou a atração turística posicionando uma redoma de vidro e metal sobre os seis tanques de água quente da cidade. A estrutura inclui um grande espaço de exposições, um restaurante giratório e uma plataforma de observação 360 graus.

Cinco dos seis tanques de alumínio ainda contêm a água quente da cidade, com mais de 4 milhões de litros de água em cada. A água quente é bombeada pela estrutura de metal da redoma no inverno para manter a construção aquecida, enquanto a água gelada a resfria no verão.

Dentro da redoma de vidro tem um Jardim de Inverno, que é um grande espaço aberto usado para exposições, conferências e concertos. No quinto andar o turista encontra o famoso Pearl Restaurant. No térreo, uma fonte esguicha água em intervalos de alguns minutos, simulando os gêiseres da Islândia.

A primeira exposição “Glaciares e Gelo” inaugurada em 2017 está integrada em um dos seis tanques de água quente que formam Perlan. A caverna de gelo que foi construída dentro do prédio, é a primeira desse tipo em todo o mundo.

Perlan é um grande marcos em Reykjavík, a capital da Islândia, tem 25,7 metros (84,3 pés) de altura, e originalmente foi concebido por Ingimundur Sveinsson.  O Museo fica na colina de skskjuhlíð, onde havia depósitos de água quente há décadas.

Exposições

O museu atualmente abriga exposições sobre as maravilhas da Islândia, que inclui um modelo de realidade aumentada de Látrabjarg Cliff, um aquário virtual e uma caverna de gelo feita pelo homem, a primeira desse tipo no mundo.

Plataforma de Observação

Um deck de observação está situado no quarto andar do museu, com vistas da cidade de Reykjavík e das áreas ao redor. Uma taxa de ISK 490 é cobrada para que os adultos acessem a plataforma desde setembro de 2017, mas o acesso permanece gratuito para crianças.

Foto: Divulgação