Ultimas Notícias
Fred Kyrillos leva o melhor do FMX para… Pilotos prontos para grande decisão da… Pilotos prontos para grande decisão da… Pro Tork acelera em rodada do Brasileiro… Ricardo Martins é Top 10 das motos no Baja… Francês Adrien Metge garante título geral… Acrobacia aérea é de virar à cabeça Asa delta... feita para voar como pássaro Balonismo terá competição em Itu Parapente sobe e desce suavemente, serenamente... Paraquedismo: salte para entender o significado… O silêncio do vôo à vela Speedy Flying é ousadia ao limite Wing Walking é emoção para quem assiste… De bóia rio abaixo Bodyboarding desliza suave na superfície… Caiaque: remadas, força e habilidade Canoagem oceânica põe o mar em sua frente Esqui-aquático é dança sobre as águas Jet Ski: moto sem rodas e sobre às águas Kite Surf mundial já tem os campeões de… No mergulho você conhece um mundo novo Pesca Esportiva na Amazônia Indomável Rafting em Socorro é com a ProximAventura… Stand up paddle é novidade que agrada pessoas… Surfe é para todas as idades Wind Surf pede domínio e habilidade ao… Canyoning é água e terra num único esporte… Um pouco mais sobre o Arvorismo Bungee Jump: vai encarar, ou melhor... saltar? BMX: radical sobre duas rodas BMX: radical sobre duas rodas Trekking Circuito Vale Europeu para Caminhantes… Rota City Tour... um raly pra lá de ecológico Corrida de Aventura é competição multi-esportiva Corrida de Orientação é uma espécie… Dow Hill tem 2ª etapa da Descida da Montanha… Espeleologia é assunto sério Grass Board é emoção com 4 rodas Atletas da Equipe LM / Shimano / Pedal se… Escaladas guiadas é com a Planeta Vertical Paintball é bala... de borracha pra todo… Filosofia de quem prática Parkour é “ser… Quadriciclos e UTVs exploram paisagens serranas… Quadriciclos e UTVs exploram paisagens serranas… O Rapel é uma técnica de alpinismo usada… Patins inline: velocidade e adrenalina juntas 1º Urussanga Old School Bowl Rider SandBoard é suor, sol e areia Slackline é diversão sobre um fio Snowboard está cada vez mais popular Skimboard mistura surf, skateboard e snowboard Snowmobile: moto para neve Whelling na veia, ou melhor, nas manobras… Boulder... escalada com as próprias mãos Drift faz carros ficarem loucos Drift faz carros ficarem loucos Turismo de Aventura Turismo Rural Turismo de Negócios & Eventos Turismo Clássico Turismo Termal Turismo Urbano Turismo em Comunidades Turismo Desportivo Turismo Religioso Turismo Cultural Turismo Ecológico Turismo Sustentável Turismo Arqueológico Descubra o inimaginável no Rio das Ostras Descubra o inimaginável no Rio das Ostras Pro Tork renova patrocínio com Emerson… Chapada dos Guimarães é lugar de descanso… A incrível Fernando de Noronha Serra da Canastra: espetacular Brotas... capital da aventura e ecoturismo Negócios à vista com o turismo rural Fazendas da época do Império agora são… Fazenda Paraizo conserva identidade do século… Pelotas rural como você não conhece Brasil avança no turismo de negócios e… OMT divulga relatório sobre mercado de… F1 acelera turismo de negócios em SP Estudo da SAC mostra possibilidade de novas… Bico do Papagaio no Tocantins é show a… Começa temporada de cruzeiro nas costas… Jogos Mundiais dos Povos Indígenas celebram… Manaus faz anivesário Parque Sauípe é novo refúgio ecológico… Caminho dos Moinhos mostra colonização… Descubra Sergipe e explore, em um só lugar,… Santo Amaro da Imperatriz: termais reconhecidas… Caldas do Jorro: oásis no meio do sertão… Caldas Novas é a maior estância hidrotermal… Termas de Araxá é água boa para Minas Luciano de Oliveira busca liderança no… Pro Tork acelera na penúltima etapa do… Pilotos Pro Tork encaram etapa brasileira… 2º Desafio 3R Motos 2º Desafio 3R Motos Em meio à polêmica Taxi X Uber, locação… Uso de táxi pelos turistas Passear de helicóptero pode dar radicalidade… Alugue uma lancha e ganhe um mar de brinde Vai começar o Salão Moto Brasil My French Film Festival 2016 Carnaval de Paris 2016, o Mundo Fantástico… Canela, desperta seus sentidos! 4º Carnajet reúne 65 motos aquáticas… Turismo reafirma confiança numa solução… 44ª ABAV Expo será realizada no Expo Center… Entidades aguardam validação de acordo… Governo manterá em 6% o imposto de renda… Edmar Bull estabelece 50 metas para sua… Dez motivos para os viajantes ainda precisarem… Baía da Babitonga (SC) conquista fãs das… Pro Tork renova patrocínio com piloto de… Passeio no litoral capixaba é sucesso entre… Paul Gauguin anuncia viagens para Fiji,… Turismo rural tem sensação de interior Piloto Pro Tork visita escolas e ministra… SP terá maior centro de esportes radicais… Projeto revitalizará Mercado Municipal… Aproveite o que São Paulo oferece em uma… 10º Fórum Internacional de Turismo do… 44ª ABAV Expo será realizada no Expo Center… Alpen Park é a opção ideal para quem… A natureza da Serra Gaúcha vista das alturas… Hotel Continental Canela: 25 anos de história Circuito fazendas históricas paulistas Jerusa Hara supervisionará eventos da Abav Remada Stand Up Paddle com os Supirados Socorro te chama para à aventura Tahiti está logo ali Foi dada a largada para o Curitiba Motor… Clube Indiano: tradição há 86 anos em… Clube Espéria faz sucesso entre paulistas Aprenda fazer um Vatapá baiano Embu das Artes é passeio agradável e rápido ABAV Nacional realiza primeira reunião… ICCABAV apresenta novas diretrizes e ações… Ministério do Turismo fará revezamento… Floripa completa 343 mais bela ainda Campeonato Brasileiro de Velocross Metodista oferece intercâmbio estudantil Mesc é sinônimo de credibilidade no ABC Tradicional bacalhau à portuguesa Advocaat, a gemada holandesa de Páscoa Kulitch é colomba pascal russa Ocean Sub oferece mergulhos incríveis Aruanã EmCanto traz música boa para Goiás Pesca esportiva na Amazônia República Dominicana participa do WTM Curso para profissionais de hotelaria Canela... desperta seus sentidos! Uma visita à São Miguel do Gostoso Metodista fará palestra sobre intercâmbio DiversTEC é mergulho de responsa Evento ciclístico no ABC traz saúde Feira fotografar comemora 10 anos de bons… Lawenko Spa encanta na Patagônia Chilena 39ª AVIESP 2016: exposição de negócios… Festival de Turismo das Cataratas acontece… Embratur e Frentur desenvolvem turismo Araguaia, em Goiás, terá festival de música Belmond anuncia safári exclusivo em Botswana‏ Lares adventure: opção de turismo sustentável Mercosul apoia Brasil para trazer turistas Embratur e Riotur unem-se por Brasil olímpico Belmond Maroma Resort tem influência maia Campanha sobre Tahiti une beleza e cultura Rendez-vous na Alsácia rende você Acre: ecoturismo com belezas que encantam Jornalistas russos participam de press trip… Evento com o trade turístico promove Brasil… Conheça a São Paulo além dos prédios Protagonismo no turismo marca 50 anos da… Borgonha é patrimônio da humanidade Queda Livre chega em Brotas Moutain bike na terra dos Kalunga MRE intensifica ações para atrair turistas Festival de Turismo das Cataratas abre inscrições… Revista australiana divulga turismo no Brasil Governo do Maranhão promove Centros Históricos Esquiar nos Alpes Franceses é pura emoção Adventure Week Bonito & Pantanal Marcos Sales é o novo presidente da Embratur Copa EFX Brasil de Enduro - 2ª etapa Metodista tem intercâmbio de resultado 14ª IMEX Frankfurt tem expositores brasileiros Adventure Week privilegia ecoturismo do… Egali oferece intercâmbio estudantil Hoppa diz que Rio e Sampa são acessíveis… Expreso Diário de Viages y Turismo destaca… ABAV presenteia associados com cartão de… Curso sobre Legislação Turística República Dominicana é de tirar o fôlego Idosos tem curso de espanhol para viagens Festival de Turismo das Cataratas abre inscrições… Alpen Park oferece aventuras radicais Aventura sobre quatro rodas em Canela Brasil recebeu mais de 6 milhões de turistas… 44ª ABAV Expo já conta com 83% de espaço… Experiências na Natureza promove corrida… Olímpiada 2016 é apresentada na Holanda Imprensa norte-americana enaltece Rio de… Instituto Samambaia é imersão em ecoturismo Fornatur quer ações para turismo nacional Trekking: o que é e onde praticar no Brasil Imexrun reúne segmento Mice na Alemanha Embratur expõe cidades patrimônio em Londres Instituições querem parceria para turismo… 44ª ABAV Expo: configuração e atrações… Mídia estrangeira confere instalações… Um "Mundo de Chocolate" para o Dia das Mães Bottrel vence na Copa EFX Brasil Revista italiana cita nordeste brasileiro… França é o maior emissor de turistas para… Tudo pronto para o Curitiba Motor Show 2016 Circuito de cinema ao ar livre para motociclistas Agentes de Campinas reúnem-se com diretoria… Câmara-e.net ministra evento eletrônico… BK21 (BH) distribuirá Reserve Expense &… O melhor do inverno na Serra Gaúcha Turismo e megaeventos será tema do fórum… Estância Alto da Serra terá wakeboard Rio ganha mais um legado olímpico para… Bahia recebe 1ª edição da Destination… Embratur divulga isenção de visto em evento… Brasil marca presença no Rock in Rio Lisboa… Cavalhadas de Goiás neste fim de semana Gastos de entrangeiros no Brasil sobem Governo federal desenvolve projeto Central… Trade inglês conhece patrimônios históricos Instituto Mara Gabrilli visita projeto Acessibility… SMARTPR: nova agência de PR de Quito Turismo… Circuito Gastronômico Goiás reúne sete… Nove mil vagas para Qualificação Profissional… Trade volta a debater MP 713 com Ministério… ABAV Nacional instaura Grupo de Trabalho… Bordeaux... cidade do vinho Governo libera R$ 33 milhões para turismo… Gastronomia brasileira brilha em festival… Argentina exalta tour da Tocha Olímpica… Projeto trará estudantes americanos para… Brasil marcará presença na 9ª FIEXPO… Centro-oeste brasileiro é destaque no Chile Brasil faz press trip de intercâmbio estudantil CTUR estuda mais recursos financeiros para… Mascotes dos jogos olímpicos convidam peruanos Países ganham isenção de visto para Olimpíadas Brasil: no topo do turismo de negócios 44ª ABAV terá Hackathon de Tecnologia… Ingressos dos Jogos Olímpicos esgotam-se… Paris Sonhado? "Tudo Incluído" Embratur capacita agentes de turismo em… Sacramento Racing avança no Enduro FIM Brotas tem circuitos de Arvorismo Tirolesa na água... você já viu? Off-road de quadriciclo... uau! Mountain bike oferece emoção Cavalgada a moda antiga Botrel vence mais uma etapa da EFX Cristo Redentor ganha novo portal de entrada Embratur debate futura gestão com funcionários Trade pede ao Governo isenção de visto… Troca de informações pode favorecer turismo Rio 2016 promove turismo para operadores… 44ª ABAV Expo Internacional de Turismo:… Barão de Cocais terá 3º Desafio FIM‏ Embratur e Avianca: parceria para voos estratégicos Continental Canela: especial férias de… Brasileiro de motocross tem casa cheia Ilha Corporativa da Abracorp terá novo… Trancoso é destaque na Revista Architectural… 3º Desafio FIM acerta detalhes finais Quito é uma das cidades mais sustentáveis… Rio de Janeiro lança Rio Walking Tour Embratur e Sindepat querem divulgar parques… Começam ações conjuntas com a Apex-Brasil República Dominicana: flora exuberante Hotel Carlota tem estilo urbano em Centro… Parador Casa da Montanha Ecovillage: diferente Santa Catarina além das praias Cavernas? Sergipe também tem Crianças: futuro do motocross brasileiro Jeremy Flores está fora do mundial Torres é sol, praia e pedras Tour cultural conta história da Torre Eiffel Off-Road: Rota de Paraitinga 2016 Começa segunda fase da Copa Brasil de Kart UCI anuncia novas regras para 2017 Olimpíadas 2020 terá skatistas brasileiros Brasil tem cenários perfeitos para Snorkeling Aventura para noites de lua cheia Passeio de escuna tem mergulho e diversão Veja regras para temporada de pesca esportiva Projeto quer regulamentar profissão de… Técnica radical e adrenalina no céu Parapente: A beleza das alturas Tunnel Camp prepara atletas para campeonatos Do nordeste para sua mesa: Farofa de formiga Feijão com Óleo de Palma da Angola Bolívia: Guiso paceño Adventure Fair tem experiência aquática Escalada é incluída nas Olimpíadas 2020 Adrenalina sob o equilíbrio de cordas O encanto das águas de Serra da Canastra Mergulhador também precisa ter "habilitação" Aventuração Experience Day - dia 29/01 São Bernardo do Campo terá dia de aventura São Paulo de um novo ângulo Amazonas oferece ecoturismo como ninguém O Egito é fascinante, mas exige paciência Colômbia: o único risco é você querer… Japão não é só o pais do sol nascente 3º Jantar do Goût de France Tecnologia a serviço da promoção cultural Rally dos Sertões tem Ricardo Martins em… Recife: a Veneza brasileira Rio de Janeiro a Janeiro vai sacudir Cidade… ABAV reúne diretores e conselho de presidentes… Novo Cadastur é apresentado pelo MTur a… Governo e Aéreas criam estratégias para… Abertura da Abav Expo 2017 marca novo momento… Festival das Cataratas recebe menção honrosa… Brasil é destaque na captação de eventos… Embratur apresenta tendências de comercialização… 45ª Abav Expo consolida difusão do Top… Projeto Rede Sonora no Restaurante Casa… Parques da Serra Bondinhos Aéreos fechará… Decolar abre ciclo de palestras promovidas… Abeta aposta em qualificação dos profissionais… Escola de Hotelaria Aparecido Molitor visita… Hotec oferece MBA em Gestão Estratégia… Projeto Aventuração: do Atlântico ao… Festival das Cataratas realiza plantio de… Ecossistema do turismo terá destaque na… Abeta Summit 2018 abordará novas formas… Censo Big Data ABAV revela o perfil de colaboradores Capacita Sedetur beneficia mais de 150 pessoas… À Paris que poucos conhecem Confira ideias para férias em Sydney Temporada outono inverno em Bariloche Descubra o Egito e suas maravilhas do mundo… Aventura subterrânea em Portugal: Grutas… Skate feminino tem campeonato em Florianópolis Mergulho de snorkel é pura aventura Turismo abre inscrições para curso de… Hackatour Cataratas 2018 divulga resultados Hackatour Cataratas 2018 divulga resultados Secretário do Turismo do Ceará tem reuniões… Reunião Planejamento Carnaval Rio de Janeiro… Manual e benefícios do Trekking para iniciantes Mergulhando em águas profundas Mitsubishi Cup na temporada 2018 Mountain Bike e Ciclismo de Estrada são… Como praticar Snowboard no Brasil Parapente e outros radicais aéreos Modalidades e equipamentos do esqui alpino Amazonas além da floresta Conheça os encantos do Jalapão no Tocantins Tóquio é a cidade tecnológica do futuro Vai para a Noruega? Veja o que fazer no… Valentino Rossi volta ao pódium Escalada Indoor... onde praticar em SP Balonismo sob o céu de Brotas Tirolesa em meio a natureza de Tocantins

A cidade cheira a coisa nova com arquitetura antiga. Nos prédios, imensos por sinal, intermediados por grandes espaços verdes ou pelas águas (falam que Estocolmo é a Veneza do Norte), palavras escritas em sueco chamam a atenção pela singularidade. Entre klädaffär e McDonalds – sim, a globalização está em toda a parte – podemos observar uma cidade plana onde se anda de bicicleta, tem não muitos carros, porém muito trânsito devido à estrutura estreita das ruas, e o desejo de se acessibilizar a infraestrutura urbana.

O país é signatário da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU desde 2009 e conta com uma Agência para Participação que monitora e fiscaliza todas as ações que prevêm acessibilidade na Suécia. O país tem 343 municípios, perto de 2 milhões de habitantes, e nas cidades há uma fiscalização minuciosa quanto à aplicação das regras de inclusão. Para tanto, a agência conta com 22 unidades abaixo dela para cuidar – cada uma – especificamente sobre um item dessa agenda: mercado de trabalho, educação, assistência social, saúde, transporte, leis, coisas que podem ser consumidas, tecnologia, cultura, esporte e comunicação entre outras.

A Prefeitura da cidade de Estocolmo, que tem uma ombudsman somente para tratar de assuntos sobre as pessoas com deficiência, Ms. Riitta-Leena Karlsson, é uma pessoa falante, sorridente e honesta na avaliação sobre o principal problema da inclusão quando se quer cuidar tudo com assistencialismo. “Mas estamos trabalhando duro para inverter esse processo e fazer entender que o importante é empoderar as pessoas com deficiência”, afirmou. Nesse sentido a cidade e os governantes vêm trabalhando duríssimo. E o trabalho tem dado certo. Na Suécia, apenas 22% das pessoas com deficiência estão fora do mercado de trabalho, apesar de receber assistência do governo para… ficar em casa. A cidade tem 900 mil habitantes e entre 10 a 15% de pessoas com deficiência.

Uma novidade, e a grande batalha no ponto de vista da ombudsman de Estocolmo, é a retirada de pessoas com deficiência de internatos, ou institutos, para a convivência com a sociedade. O governo paga uma pensão às pessoas com deficiência e com esse dinheiro eles podem se manter em uma casa funcional, ou seja, casas compartilhadas em que até seis pessoas com deficiência severa ou moderada convivem entre si e com um pequeno staff que acompanha no que for preciso. Isso porque na Suécia, quando a criança nascia com alguma deficiência, os pais podiam deixá-la em uma instituição. Assim, muitas pessoas viviam nessa condição – longe dos parentes, longe de tudo. Hoje, essas instituições são proibidas e todas essas antes crianças, agora adultos ou jovens, estão sendo transferidas para essas casas. Ali podem conviver, fazer amigos, e até casar – como em alguns casos já aconteceu.

Então, havia uma pedra.

 A caminho do Palácio Imperial, um lugar lindo, antigo, repleta de histórias e casas seculares, passamos por um pequeno centro comercial, com lojas de grandes marcas. Fizemos o roteiro a pé para identificar o observar a acessibilidade na arquitetura da cidade. Então, pudemos observar que no meio do caminho havia uma pedra. Havia uma pedra no meio do caminho. Como diria Drummond.

 A ombudsman da cidade de Estocolmo, Ms. Karlsson, que nos acompanhou pelo percurso, apontou pessoalmente o que impede a total acessibilidade da cidade. Na entrada das lojas, em especial as mais antigas, ainda há marcas da cultura de anos que não quer se dobrar ante a universalidade do ser humano: existem degraus da rua para dentro das lojas. E muita, muita propaganda em minipostes espalhados pelo calçadão e pelas calçadas. Ms. Karlsson não teve dúvidas: tirou ela mesma uma dessas propagandas. “Isso é um absurdo. Eles sabem que não podem fazer isso, mas ainda assim fazem. Precisamos tomar mais providências”, disse.

 Mas o fato é: a cidade de Estocolmo não é 100% acessível para pessoas com deficiência. A jornalista Christiane Link, nascida alemã mas residente em Londres, que nos acompanhava em comitiva – e que é cadeirante – afirmou que a cidade não é seu destino favorito – seja a lazer ou trabalho – por esse motivo. Ms. Karlsson ficou vexada mas a verdade está estampada nas calçadas e em muitos lugares. Uma verdade à la Drummond e que pode ser notada em todas as faces do mundo: as pessoas resistem à mudança. Apesar de ser pelo bem de todos. E isso sim está arraigado na cultura desse país nórdico. Eles têm a vontade de mudar em respeito à democracia que dá a todos direitos iguais. Se é para todos, não tem a discussão do que é incluir. Para todos é para todos e basta. Mas as pedras, meus caros, podem ser claramente observadas tanto aqui na Suécia quanto no Brasil.

E a conversa com a Ms. Karlsson rendeu ainda tantas outras histórias. Uma mulher entusiasta, de fibra, que luta na cidade por mais acessibilidade e respeito às pessoas com deficiência. Ela voltou a falar das residências inclusivas. Disse da dificuldade que foi implementar essa política de inclusão – até por conta da vizinhança. Alguns suecos não queriam esse “tipo de casa” ao entorno da sua, que por vezes é cara e poderia desvalorizar seu patrimônio. É muito estranho e importante assistir que alguns tipos de conduta são inerentes ao ser humano, independente da educação, de onde tenha nascido e com quem conviva.

Apesar de exemplos ruins, Ms. Karlsson diz se impactar apenas pelos bons. Ela relatou que sentiu “chacoalhar a alma” quando foi em uma dessas residências e visitou dois ex-internos que foram mostrar, com entusiasmo de criança que ganhou seu primeiro presente, quais eram seus mais importantes objetos pessoais. Um indicou o seu nome escrito na porta do prédio – na Europa, as casas têm os nomes das pessoas que ali residem na entrada -, colocando naquele pequeço de metal um valor sem preço – em internatos, eles não têm nome e nem identidade assim tão pessoal. O segundo, mostrou o local onde toma banho como sendo para ele essencial ter esse espaço seu. Por fim, a história de um autista que no internato comia objetos – tudo pela frente – e que quando foi para uma residência inclusiva passou a comer apenas.. comida. Pequenas mas importantes mudanças no empoderamento das pessoas com deficiência que as transformam em cidadãos integrantes, enfim, do sistema social.

 A leitura como ferramenta de inclusão

A bibliotecária da Agência para Participação do Instituto Sueco, Ms. Anna-Karin Hugo nos mostrou um pouco sobre a inclusão na literatura sueca. Livros em braille e livros falados – há aqui uma diferença entre “talking books” e “audio books”, enquanto o primeiro trata de livros inclusivos, o segundo é comercialmente vendido – são importantes ferramentas de inclusão e toda a biblioteca sueca é obrigada por lei a dispor desses materiais. Eles têm 17 mil títulos em braille, 100 mil talking books para downloading, todos totalmente de graça se você se inscrever no sitewww.legimus.se. Além de contar diariamente com 100 jornais suecos gravados em áudio apesar de a versão impressa. Diariamente. Isso é inclusão. Outra coisa interessante, o sistema DAYSI – usado no mundo todo – é.. ulalá.. sueco, claro! E eles se sentem muito contentes e orgulhosos em exportar tecnologia de inclusão para uso do mundo inteiro.

 E falando em tecnologia, não há como não citar o Museu Nacional de Ciência e Tecnologia da Suécia. Um espaço gigantesco que pretende investir na criação de novos inventores – em especial trazendo crianças para o convívio das invenções. Segundo os coordenadores do Museu, eles usam a história para construir o futuro. E justamente pensando no futuro que desenvolveram uma grande exposição chamada MegaMind, que explora os sentidos, a colaboração e a acessibilidade. O Museu recebe perto de 350 mil visitas ao ano e desses, 66 mil são alunos. Além de mapa táteis que exibem todo o itinerário da mostra, ainda pedestais eletrônicos em frente a cada equipamento da mostra contêm informações em todos os formatos – em alto contraste, somente em áudio ou em língua de sinais. Ou seja, qualquer pessoa tem acesso à explicação e ao que se serve aquele equipamento da mostra. Quando se trata de tecnologia, a Suécia realmente é um exemplo de acessibilidade.

A grande missão da cidade de Estocolmo (como a da cidade de São Paulo e de outras cidades brasileiras e para os brasileiros com deficiência – mais do que esperamos, lutamos para), é garantir que a pessoa com deficiência possa viver com qualidade de vida e igualdade de oportunidades na participação da vida em sociedade. Nos últimos quarto anos, a Suécia investiu algo em torno de 100 milhões de coroas suecas em acessibilidade. Isso é mais do que o mínimo que podemos esperar. E Estocolmo vem mostrando sua intensa dedicação e empenho nesse quinhão.

    A PHP Error was encountered

    Severity: Notice

    Message: Undefined variable: noticias

    Filename: templates/segunda_coluna.php

    Line Number: 42

Editoriais