Você já pensou em um pequeno avião monomotor fazer uma Reversão ou Oito Preguiçoso? E que tal um Chandelle, seguido por um Tounneaux e um Looping? Não? Pois bem, é isso e muito mais que os pilotos de acrobacia aérea fazem, além de Oito Cubano, Tounneaux de 4 Tempos, Hammerhead, Split-S, Parafuso Normal Positivo, Voo de Dorso, entre outros.

O Curso de Acrobacia Aérea qualifica o aluno a executar as mais diversas acrobacias básicas. Durante o curso, que é realizado com o mínimo de 20 horas, o piloto aprende uma série de manobras clássicas e básicas, as quais o deixam capacitado à execução da sequências como a da categoria Básica e Esporte, além das noções para recuperação de manobras mal sucedidas, o que gera enorme incremento em sua habilidade e consequente ganho em termos de Segurança de Voo.

A parte teórica do Curso é passada ao aluno pelo instrutor nos briefings e debriefings de cada voo do treinamento. Os pré-requisitos são: ser detentor de CHT de Piloto (privado ou comercial); possuir no mínimo 100 horas de voo e estar com o CCF (Certificado de Capacidade Física) válido.

Como recomendações, possuir experiência na operação de aeronaves com trem de pouso convencional. A duração é de no mínimo 20 horas de voo duplo comando com instrutor do ACItu. Durante o curso, onde cada voo tem a duração aproximada de 30 minutos, são treinadas várias manobras além das que já citadas acima.

Mais informações em www.aeroclubeitu.com.br